A implementação e utilização do Balanced Scorecard numa PME do Setor Textil

Maysa S. Gomes, Helena I.B. Saraiva

Abstract


Resumo
Objetivo: Analisar a implementação do BSC numa pequena instituição do setor têxtil e de vestuário portuguesa, assim como as consequências dessa implementação no desempenho da empresa, procurando perceber que tipo de papel pode o BSC desempenhar na gestão deste tipo
de organizações ao nível da monitorização do desempenho e da criação de valor.
Desenho/metodologia/abordagem: Investigação qualitativa através da realização de
um estudo de caso numa entidade integrada na categoria de PME do setor industrial.

Resultados: Esta ferramenta demonstrou utilidade para a gestão da entidade, nomeadamente ao nível do seu desempenho financeiro, comunicação interna, apoio e sustentação às políticas de gestão da qualidade, e no auxílio à planificação estratégica.

Originalidade/valor: A implementação de BSC apresentada é o principal
contributo deste trabalho, uma vez qua não foram identificados outros trabalhos de implementação do BSC numa pequena entidade do setor têxtil em Portugal.


Keywords


Balanced Scorecard. Indicadores. Qualidade. Resultados. Setor Textil.

Full Text:

PDF

References


Azevedo, E. E. (2014). O balanced scorecard e a administração local: aplicação à divisão financeira do município de Vila Franca de Xira. Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém.

Baptista, C. S., & Sousa, M. J. (2011). Como Fazer Investigação, Dissertações, Tese e Relatórios. Pactor.

Caldeira, J. (2010). Dashboards. Coimbra: Almedina.

Caldeira, J. (2010). Implementação do Balanced Scorecard no Estado. Coimbra: Almedina.

Caldeira, J. (2014). Monitorização da Performance Organizacional. Lisboa: Actual.

Caldeira, J. (2017). 100 Indicadores da Gesttão – Key Performance Indicators (KPI). Lisboa: Actual.

Carvalho, J., Nogueira, S., Ribeira, N., & Gomes, A. (2007). Balanced Scorecard Aplicado à Administração Pública. Lisboa: Publisher Team.

Carvalho, P. A. (2014). O balanced scorecard e a sua aplicação às PME num contexto de crise económica - Dissertação de Mestrado. Lisboa: UAL - Departamento de Ciências Económicas, Empresarial e Tecnológica.

Caseiro, L. P. (2013). O balanced scorecard como catalisador da auto-suficiência das PME portuguesas: estudo de caso - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Castro, A. G. (2013). O balanced scorecard aplicado à região do Médio Tejo - Dissertação de Mestrado. Tomar: Instituto Politécnico de Tomar.

Costa, N. (2012). Implementação do Balanced Scorecard na Academia Militar - Dissertação de Mestrado. Lisboa: Academia Militar. Direção de Ensino.

Cotrim, D. M. (2014). A Aplicação do Balanced Scorecard num Setor Empresarial - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE IUL.

Cruz, C. P. (2005). Balanced Scorecard – concentrar uma organização no que é essencial. Porto: Grupo Editorial Vida Económica.

Cunha, C. F. (2015). Controlo Estratégico Empresarial - O Balanced Scorecard Na Grupel - Grupos Electrogéneos, S.A. Coimbra: Instituto Politécnico de Coimbra

Daniel, C. E. (2012). Implementação do Balanced Scorecard na empresa Encontrus, Sociedade Hoteleira, LDA - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.

Denzin, N., & Lincoln, Y. (1994). Handbook of qualitative research. London: Sage Publications.

Farreca, E. (2006). Estratégia: da formulação à acção aplicando o Balanced Scorecard,. Odivelas: Edições Pedago.

Freire, A. (2008). Estratégia - Sucesso em Portugal (1º ed.). Lisboa: Editorial Verbo.

Geada, F. C., Silva, T., & Cruz, L. (2012). Value Balanced Scorecard – Ferramenta para atingir a excelência. Lisboa: Edições Sílabo.

Hoque, Z. (2014). 20 years of studies on the balanced scorecard: Trends, accomplishments, gaps and opportunities for future research. British Accounting Review, 46, 33---59.

Kaplan, R., & Norton, D. (1996). Linking the Balanced Scorecard to Strategy. California Management Review, 55-76.

Machado, M. J. (2013). Balanced Scorecard: An empirical study of small and medium size enterprises. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, 135-139.

Marques, J., & Rodrigues, M. (2016). Manual de Gestão da Qualidade & Sustentabilidade. Barcelos: Pedrosa & Rodrigues.

Martins, M. C. (2014). Case study - balanced scorecard targets - Dissertação de Mestrado. Algarve: Universidade de Algarve - Faculdade de Economia.

Matos, L., & Ramos, I. (2009). Medir para Gerir - O Balanced Scorecard em Hospitais. Lisboa: Edições Silabo.

McAdam, R. (2000). Quality Models in an SME Con text. A Critical Perspective Using a Grounded Approach. International Journal of Quality & Reability Management, 17, 302-323. Obtido de https://ef9bc5a9-a-62cb3a1a-s-sites.googlegroups.com/site/nguyenvanhoaqtcl/Mon-Quan-Tri-Chat-Luong/cacbaidocqtcldanhcholopem41/008%20EM_Quality%20Models_19p.pdf?attachauth=ANoY7crDMruNoUYJ3CQc5hRCblC-XNYQNtNbCpu57iTRQoGjqmJulzKy8oiMjvkXpfl0B9fm0yaHD-jB-ao

Miranda, M. M. (2016). Relatório de Contas 2015. Barcelos: Pedrosa & Rodrigues.

Mocho, L. M. (2014). Redesign de uma escola particular : Estudo de Caso - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Morgão, S. (2013). O balanced scorecard na monitorização do desempenho estratégico de uma PME (aplicação a uma empresa de distribuição de produtos farmacêuticos) - Dissertação de Mestrado. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.

Nunes, A. M. (2013). Diagnóstico e proposta de desenvolvimento do balanced scorecard na EDP soluções comerciais - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Peres, P. J. (2012). Gestão estratégica com o balanced scorecard: estudo de caso Dissetação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Pinto, F. (2009). Balanced Scorecard - Alinar Mudanças, Estratégia e Performance nos Serviços Públicos. Lisboa: Edições Sílabo.

Pinto, F. J. (2014). Balanced Scorecard: A importância da proposição de valor para clientes. REVISTA TOC 166, 61-67.

Quesado, P.R. & Letras, C.P. (2015). O Balanced Scorecard como Ferramenta de Gestão Estratégica no Setor Bancário. European Journal of Applied Business Management, 1 (1), pp. 19-39.

Ribeiro, C. (2008). O controlo de gestão nas unidades de saúde:o Balanced Scorecard. 100, Edição espécial, 61-66. Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas.

Rodrigues, J. (2010). Avaliação de Desempenho das Organizações. Lisboa: Escolar Editora.

Rodrigues, L. M., & Pombo Sousa, M. G. (2002). O Balanced Scorecard - Um Instrumento de Gestão Estratégica para o Século XXI. Carcavelos: Rei dos Livros.

Rosado, R. M. (2012). Construção de um balanced scorecard nas organizações sem fins lucrativos – Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Russo, J. (2009). Balanced Scorecard para Pequenas e Médias Empresas. Lisboa: LIDEL.

Santos, R. A. (2006). Balanced Scorecard em Portugal: Visão, estratégia e entusiasmo. Cascais: Gestão Plus Edições.

Santos, A. d. (2013). Balanced Scorecard - Disseratação de Mestrado. Porto: Insituto Superior de Engenharia do Porto.

Saraiva, H. I., & Alves, M. G. (2013). Balanced Scorecard - A sua difusão, evolução consequências da sua utilização. Revista do Instituto Internacional de Costos,11-17.

Saraiva, H. I., & Alves, M. C. (2015). The use of the Balanced Scorecard in Portugal:Evolution and effects on management changes in Portuguese large companies. TÉKHNE - Review of Applied Management Studies, 82-94.

Serra, F. R., Ferreira, M. P., Torres, M. C., & Torres, A. P. (2010). Gestão Estratégica Conceitos e Práticas. LIDEL- edições técnicas, Lda.

Serra, J. M. (2012). Balanced scorecard: estudo de caso de uma empresa de serviços de gestão - Dissertação de Mestrado. Porto: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto.

silva, A. S. (2013). Contributo para a análise económica e estratégica empresarial: aplicação do balanced scorecard na empresa Martifer Solar, SA - Dissertação de Mestrado. Braga: Universidade do Minho - Escola de Economia e Gestão.

Silva, E. S. (2017). O Balanced Scordecard (BSC) e os Indicadores de Gestão. Porto: Grupo Editorial Vida Económica.

Silva, J. C. (2012). Aplicação do balanced scorecard a uma instituição financeira - Dissertação de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Silva, T. A. (2013). Balanced scorecard em unidades hospitalares: um estudo de caso - Dissertação de Mestrado. Porto: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto.

Sousa, J. P. (2014). O Balanced Scorecard como ferramenta de gestão estratégica e de melhoria de desempenho organizacional numa PME: - Dissertação de Mestrado. Coimbra: Instituto Superior De Contabilidade E Administração De Coimbra.

Sousa, M. G., & Rodrigues, L. (2002). Balanced Scorecard - Um Instrumento de Gestão Estratégica para o Séc. XXI. Porto: Editora Rei dos Livros.

Sousa, P. A. (2012). Conceptualização do balanced scorecard num grupo empresarial - Dissertaçao de Mestrado. Lisboa: ISCTE.

Thomaz, M. F. (2015). Balanced Scorecard e Hoshin Kanri – Alinhamento Organizacional e Gestão Estratégica. Lisboa: LIDEL.

Yin, R. K. (2001). Estudo de caso – planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman

Yin, R. K. (2003). Case Study Research: Design and Methods. Sage Publications, Inc.

Yin, R. K. (2010). Estudo de Caso - Planejamento e Métodos. São Paulo: Bookman.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Portuguese Journal of Finance, Management and Accounting

e-ISSN: 2183-3826

 

International Networks of Indexing: GOOGLE SCHOLAR, RCAAP, REBID, DRJI